Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Gestão

Como a logística pode sanar deficiências e alavancar o agronegócio

marketing
Escrito por marketing em 22 de abril de 2020
Como a logística pode sanar deficiências e alavancar o agronegócio

Como a logística pode sanar deficiências e alavancar o agronegócio?

É certo que o Brasil possui uma extensão territorial favorável a agricultura.

Conta com uma das maiores áreas agricultáveis do planeta e com recursos naturais que potencializam as suas vantagens para a produção agrícola e animal .

Essa disponibilidade reduz custos e orienta a estrutura produtiva brasileira na organização e ocupação espacial do território.

E, nas últimas duas décadas, a agricultura passou a figurar ainda mais entre os setores econômicos mais estratégicos para a consolidação do programa de estabilização econômica.

É a responsável por uma parte considerável do PIB do país, contribuindo para o controle da inflação, evidenciando, assim, a sua importância para impulsionar o desempenho da economia.

A expansão do agronegócio tem sido marcante na sociedade brasileira.

Caracterizando-se por cadeias produtivas cada vez mais integradas e pelo uso intensivo de capital nos diversos segmentos que o compõe.

Dessa forma, a agricultura, pensada como agronegócio, envolve os processos de produção agropecuária, logística e comercialização, além da agroindústria e dos serviços agroindustriais.

O escoamento da safra brasileira se apresenta como um fator fundamental que afeta o agronegócio, alterando substancialmente a sua comercialização, a formação de preços e a própria competitividade do setor.

Portanto, a logística precisa ser eficiente para garantir o sucesso do agronegócio no Brasil.

Assim, infraestrutura logística deve ter a capacidade de movimentar e armazenar toda a produção agrícola nacional.

E ainda, disponibilizar sistemas para os produtos importados para atender satisfatoriamente à demanda interna.

Cabe ainda destacar que, no caso brasileiro, os custos logísticos constituem um componente relevante dos preços finais dos produtos.

Como a logística pode sanar deficiências e alavancar o agronegócio?

Em função da dispersão espacial da produção, da distribuição do mercado interno e das longas distâncias envolvidas no comércio intra e inter-regional.

Desta forma, a melhoria na oferta de serviços logísticos certamente aumentaria a competitividade dos diversos segmentos econômicos, uma condição necessária para o bom desempenho de qualquer economia.

No entanto, algumas deficiências se fazem presentes no setor e acabam prejudicando o escoamento das safras, estas deficiências são principalmente:

  1. condições precárias das rodovias;
  2. baixa eficiência e falta de capacidade das ferrovias;
  3. desorganização e excesso de burocracia dos portos;

O que acaba por ter como resultado o aumento das filas de caminhões nos principais portos de exportação, longas esperas de navios para a atracação e o não cumprimento dos prazos de entrega ao mercado internacional.

Então, para sanar estes tipos de problemas existem dois meios principais, o primeiro vem por parte do governo e que já prevê grandes melhorias e investimentos.

Que começaram a ocorrer este ano e para o próximo, e através do agendamento de cargas e descargas para evitar filas.

O Governo prevê então concessões para que as obras em estradas e melhoria dos portos e ferrovias.

Então, o “PIL” (Programa de Investimentos em Logística) apresenta projetos de desenvolvimento em que os recursos previstos para investimentos em rodovias seria em torno de R$ 66,1 bilhões que seria para revitalizar e construir cerca de 4.867 quilômetros de estradas.

E quanto aos portos  seria em torno de R$ 37,4 bilhões nos serviços portuários. Um total de R$ 14,8 bilhões deve ser investido em novas autorizações para 57 Terminais de Uso.

E para as  ferrovias o investimento será de R$ 86,4 bilhões. Uma parcela de R$ 12,7 bilhão vai para o projeto da Norte-Sul. Outros R$ 16,4 bilhões estão previstos para concessões já existentes.

Concluindo:

E, por fim, para que as filas sejam sanadas, não havendo perda na produção por tempos de espera, ou atrasos nas entregas propiciando um prejuízo para os produtos do agronegócio, é preciso fazer uso do agendamento de cargas e descargas.

Por meio deste, as empresas logísticas conseguem organizar seus horários e ter controle da sua frota, prevendo o memento de saída e entrada da carga.

Além disso, os portos já contam com sistemas automatizados de agendamento, o que tornou o trabalho menos burocrático e mais eficiente.

Segue um conteúdo que explica melhor sobre como o agendamento de cargas consegue ajudar a otimizar a logística:

Como a tecnologia no agendamento de cargas pode trazer benefícios para as empresas

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.